Durante o Fórum foi apresentado o diagnóstico sobre a cadeia produtiva, projetos de leitura, bibliotecas, editoras e escritores catarinenses. José Paulo Speck, coordenador da pesquisa, apontou um dado alarmante: de 2007 a 2011, a região sul apresentou a maior queda em todo o país no índice de leitura.