A poetisa Alice Sant’ana encantou o público em um bate descontraído sobre a sua obra. Alice explicou que situações muitas vezes consideradas insignificantes podem ser grandes fontes de inspiração.