Membro da Academia Brasileira de Letras, Zuenir Ventura será homenageado na abertura do Festival da Leitura de Florianópolis, na próxima segunda-feira (25), quando será lançada a campanha ‘A leitura é a base do Brasil: a formação de uma nova geração de leitores no país’, às 18h, no hotel Quinta da Bica d’Água. Aos 83 anos e com uma carreira reconhecida nacionalmente, que inclui o Prêmio Jabuti em 1995 de reportagem, ele é categórico ao dizer não é de hoje que o Brasil não lê. “Não há país que tenha se desenvolvido economicamente sem ter investido na educação. E educação, por sua vez, passa pela leitura. Uma coisa não existe sem a outra”, afirma.

Segundo o escritor, é um equívoco da pedagogia forçar o aluno a ler, pois ele o fará por obrigação. O grande desafio é despertar o interesse espontâneo nos jovens, uma vez que, depois que a pessoa adquire o gosto pela leitura, não deixa mais. “Temos que inundar o país com livros! Fico feliz ao ver crianças e adolescentes brincando com as obras literárias, pois essa intimidade é fundamental para adquirir o hábito. Após estabelecida essa relação, é preciso mantê-la”.

Na opinião de Ventura, os baixos índices de leitura no país não podem ser atribuídos às novas tecnologias. O jornalista não acredita no antagonismo, mas sim, na convergência dos meios para despertar ainda mais o consumo da literatura por crianças e jovens. “Eu sou um analfabeto tecnológico, mas a minha neta Alice, de cinco anos, já faz tudo de forma digital. Ao mesmo tempo, ela adora livros. E nunca se escreveu tanto quanto agora, seja com os e-mails, comunidades ou aplicativos de mensagens. Ou seja, todos os meios podem coexistir”, opina.

O Festival da Leitura de Florianópolis acontecerá de 25 a 28 de maio, com eventos no Centro Integrado de Cultura (CIC) e no hotel Quinta da Bica d’Água. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site http://www.bomdeler.org.br/festival/A iniciativa é do Instituto Parati e a realização é da organização Cidade Futura, com apoio da Fundação Catarinense de Cultura e Prefeitura de Florianópolis, entre outras instituições ligadas ao livro e à leitura.

Confira a programação completa:

DIA 25

17h

ATOS DE ABERTURA

Encontro com as crianças e jovens, alunos e educadores do projeto Bom de Ler. Presença da presidente do Instituto Parati, dona Ida Fantin, amigos do projeto e convidados.

18h

ABERTURA OFICIAL E LANÇAMENTO DA CAMPANHA “A LEITURA É A BASE DO BRASIL”

Leitura e da formação de uma nova geração de leitores no Brasil. Participação especial de Zuenir Ventura (Membro da Academia Brasileira de Letras, jornalista e escritor) e José Paulo Teixeira (escritor e coordenador do Projeto Bom de Ler).

DIA 26

9h às 12h

PLATAFORMA BOM DE LER – COM TODAS AS LETRAS DA CULTURA

Com: Juliano Garcia Pessanha (filósofo, SP) e Evandro Afonso Ferreira (escritor, SP).

15h às 18h

POESIA E FILOSOFIA NA OBRA DE MANUEL DE BARROS.

Com: Elton Luiz L. Souza (filósofo e professor, UNIRIO – RJ).

16h às 18h

Jovens e professores que integram a Academia Bom de Ler participam da Sessão especial na ACADEMIA CATARINENSE DE LETRAS.

DIA 27

9h às 12h

PLATAFORMA BOM DE LER – LEITURAS DE AGAMBEN: A POTÊNCIA DO PENSAMENTO NA TRADUÇÃO BRASILEIRA.

Com: Selvino Assmann (professor de filosofia e tradutor).

Uma leitura da poesia de Holderlin no pensamento de Heidegger

Com: Cláudia Pellegrini Drucker (filósofa e professora da UFSC).

14h às 17h

QUANDO DESCOBRI A POESIA NA OBRA DE ANA CRISTINA CESAR

Com: Alice Sant’Anna (poeta, 27 anos, RJ)

Em torno da Mesa: A POESIA CONVERSA COM A POESIA

Estranhas habitações – Intimas linguagens – Uma conversa entre o filósofo Elton Luiz Leite de Souza (Poética de Manuel de Barros) e Alice Sant’Anna (Poesia de Ana Cristina Cesar).

17h às 18h

APRESENTAÇÃO DA PLATAFORMA DE MAPEAMENTO IDCULT BOM DE LER

Com: Thiago Skárnio (especialista em Cultura Digital) e Tatiane Gonzaga (analista de sistemas)

CANTOS E CONTOS: MÚSICA E POESIA NA PONTA DA LÍNGUA.

Com: Tatjane Garcia (professora e mediadora de leitura, produtora cultural e mestre em Estudos Literários pela UFPR).

DIA 28 

09h às 10h30

PLATAFORMA BOM DE LER

ENCONTRO COM AUTORES DA LITERATURA INFANTOJUVENIL.

Com: Eliane Debus e escritores convidados.

10h30 às 12h00

OFICINA DA PLATAFORMA DE MAPEAMENTO IDCULT BOM DE LER

Com: Thiago Skárnio (especialista em Cultura Digital) e Tatiane Gonzaga (analista de sistemas)

14h30 às 17h

LEITURAS DO BRASIL – EXPRESSÃO LITERÁRIA E MUSICAL BRASILEIRA – A EXPERIÊNCIA DO MÚSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA.

Com: José Miguel Wisnik e Manuel da Costa Pinto.

17h – 18h

UMA PROPOSTA DE ORGANIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO.

Representantes do Movimento do Livro e da Leitura de Santa Catarina se encontram para a formação e organização das Câmaras Setoriais (estadual e municipal) do Livro e da Leitura.