Sinopse das aulas do encontro “Precisas mudar a tua vida: sobre a antropotécnica de Sloterdijk”

A Cidade Futura realiza um encontro online com duas aulas dedicadas ao filósofo Peter Sloterdijk no dia 03 de junho, às 14h00. A atividade, intitulada Precisas mudar a tua vida: sobre a antropotécnica, é o terceiro e último encontro do minicurso Introdução aos Filósofos Inovadores: uma compoesia

As aulas serão ministrada pelos professores  Juliano Pessanha e José Paulo Teixeira. Confira a sinopse das aulas.

Aula O imperativo da mudança de vida hoje, com Juliano Pessanha

A proposta deste encontro consiste em recolocar as questões da formação do ser humano na chave dos estudos do cuidado de si, dos exercícios espirituais e das antropotécnicas. Dito de outra maneira, trata-se de trazer a contribuição filosófica de Michel Foucault, Pierre Hadot e Peter Sloterdijk. Esses três filósofos, cada um a seu modo, terminam por mostrar que o ser humano se autoproduz e se cria autoplasticamente conforme o tipo de exercício e de repetição que realiza. Não há, assim, para falar com Nietzsche, cuja obra está na base das investigações de Foucault e de Sloterdijk, uma essência dada do ser humano. Ele é resultado das práticas e dos atratores que elege. O paradigma antropotécnico parte da ideia fundamental de Nietzsche de que a terra é o astro dos seres exercitantes e as várias configurações do humano dependem do tipo de áskesis (exercícios) praticadas. O homem é um ente que se autoproduz num sentido ainda mais radical do que o da autoprodução do humano pelo trabalho, segundo a formulação de Marx.

 

Aula Vida exercitante e antropotécnica da superação, com José Paulo Teixeira

No Teatro das Antropotécnicas. Nosso giro começa por um voo de superfície nos estudos da vida exercitante desde a viragem antropotécnica de Peter Sloterdijk (cenas 1 e 2). O propósito é situar o leitor-participante em um plano de estudos que remonta os esforços operativos e auto-operativos na formação do sujeito moderno (cena 3) e abrir caminho para a genealogia da vocação, do ressentimento e da superação poética e afirmativa da vida (cena 4). Neste primeiro ato, o objetivo é imaginar e fazer tão somente uma cena de abertura para desenvolvimentos posteriores em nosso programa de micrograduações em filosofia, educação e pesquisa, a partir dos filósofos inovadores, entre os quais, se destaca o professor Peter Sloterdijk e seu imperativo “Tens de mudar a tua vida”. Roteiro da aula: O paradigma imunitário de Peter Sloterdijk – CENA1; A produção de si mesmo – CENA 2; A curva auto-operativo na formação do sujeito moderno. CENA 3; Genealogias da vocação, ressentimento e superação: uma compoesia – CENA 4

O professor José Paulo Teixeira indica como leitura preparatória para a aula seu texto No palco giratório de Peter Sloterdijk. Leia no link abaixo.

No palco giratório de Peter Sloterdijk

 

Sobre o minicurso

O minicurso Introdução aos Filósofos Inovadores: uma compoesia propôs uma formação em Vilém Flusser, José Ortega y Gasset e Peter Sloterdijk. A atividade foi dividida em três etapas, realizadas nos meses de março, maio e junho de 2020. Em cada aula, o coordenador do minicurso José Paulo Teixeira e um convidado especial apresentavam a obra do filósofo em questão. A iniciativa fez parte da jornada 2019-2020 do programa Filósofos Inovadores.

Por |2020-07-06T10:44:40-03:00maio 26, 2020|

Sobre o Autor:

Cidade Futura
A Cidade Futura é uma instituição voltada para a criação e o desenvolvimento de projetos e programas inovadores em filosofia, educação e pesquisa.
Ir ao Topo