CIDADE FUTURA



Tricampeão masculino do Bom de Bola

Notícias 18/07/2014

Com um jogo bastante disputado mas com poucas oportunidades de gol o Centro Educacional Recriarte, dono da casa, conquistou o tricampeonato do Campeonato Escolar Bom de Bola em 2014 em cima do Colégio Incentivo, de Biguaçu. A fase estadual da competição foi realizada em Camboriú desde a última quinta-feira (9) até o início da noite deste domingo (12).

Logo no início do jogo o Colégio Incentivo teve duas chances claras de gol, mas não conseguiu abrir o placar. E seguindo a máxima do “quem não faz, leva”, sentiu ainda no primeiro tempo o gol marcado pelo adversário – resultado que foi mantido até o fim do tempo regulamentar e que bastou para que o time da cidade-sede partisse para a comemoração do tri. “Estávamos com saudades de sentir este gostinho de título, já que o último conquistamos em 2012. Estes meninos estão de parabéns, porque jogam muito e são dedicados demais”, avalia o professor Adelson Marcelo da Silva, que trabalhou o ano todo com a equipe focado no Bom de Bola.

Ainda decepcionado com a derrota, o técnico Paulo Ricardo de Faria credita o segundo lugar aos gols perdidos no início da partida. “Uma pena a bola não ter entrado. Mas este time é forte, é bom de bola e muito unido. Não vai baixar a cabeça”, considera.  

Florianópolis em terceiro  

Com apenas uma derrota – para os campeões e nos pênaltis – na fase estadual do Bom de Bola, o Colégio Catarinense, de Florianópolis, ficou com o terceiro lugar na competição ao vencer Escola de Educação Básica São Vicente, de Itapiranga. “Agora o plano é recomeçar. Montar o time que vai jogar pelo título no ano que vem. Nosso objetivo é fazer uma campanha igual ou melhor à deste ano”, diz o professor Bernardo de Sá.    

Avaliações positivas  

A fase estadual do Bom de Bola foi elogiada pelos realizadores do evento. Ademar José da Silva, representante da Fesporte e coordenador da 23ª edição do Bom de Bola, considera que este foi um dos melhores jogos escolares dos últimos anos tanto pelo cuidado na organização quanto pela qualidade dos jogos. “Foram jogos bonitos e bastante disputados, mas quero deixar registrado o meu repúdio a alguns integrantes de torcidas que vêm ao estádio para desrespeitar árbitros, jogadores e demais presentes.”

Para Luiz Carlos Fraga, coordenador do Bom de Bola em Santa Catarina é muito importante encerrar as comemorações dos 20 anos de investimentos da Parati no evento com um evento desta grandeza. “Os jogos tiveram muita qualidade técnica e educação. Além de revelar grandes atletas, o objetivo do projeto é formar cidadãos. Que o Bom de Bola continue com este brilho nos próximos anos.”  

Fase estadual         

As disputas da fase estadual começaram na última quinta-feira (9) e contaram com a participação de 20 equipes – 10 masculinas e 10 femininas. Eram cerca de 440 alunos-atletas representando Biguaçu, Florianópolis, Tubarão, Guaramirim, Joinville, Fraiburgo, Anita Garibaldi, Quilombo, Itapiranga, Camboriú, Criciúma, Rio Fortuna, Timbé do Sul, Papanduva, Guaramirim, Capinzal e Chapecó.   

Somente neste ano o Bom de Bola mobilizou 886 equipes em Santa Catarina – 56.808 estudantes de 895 escolas – 520 estaduais, 309 municipais e 66 particulares – de 268 cidades (90,8% do estado) e 1,5 mil professores.  

Campeões estaduais do Bom de Bola 2014  

Masculino

1º lugar – Centro Educacional Recriarte, de Criciúma

2º lugar – Colégio Incentivo, de Biguaçu

3º lugar – Colégio Catarinense, de Florianópolis

4º lugar – Escola de Educação Básica São Vicente, de Itapiranga  

Feminino

1º lugar – Colégio Rogacionista, de Criciúma

2º lugar – Escola de Educação Básica Lourdes Lago, de Chapecó

3º lugar – Escola de Educação Básica Ivone Terezinha Garcia, de Camboriú

4º lugar – Escola de Educação Básica São Vicente, de Itapiranga